Relatório Administrativo 1942 – 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Sobre o “RELATÓRIO ADMINISTRATIVO” do período de 19 de 3 de 1942 a 19 de 3 de 1946.
Bem, o que é isso?
Primeiramente vamos mostrar o que ele é e em seguida, falar sobre sua importância.
O “Relatório” (como o trataremos daqui pra frente) é um documento elaborado pelo Dr.
Eduardo de Barros Martins, no fim de sua atuação à frente da Prefeitura Sanitária da
“ESTÂNCIA HIDROMINERAL DE LINDÓIA”.
Ele tem 48 páginas e se constitui de uma síntese da magnífica atuação do Dr. Martins na
Prefeitura de nossa Estância.
O Relatório é dirigido ao Interventor Federal Dr. José Carlos de Macedo Soares, diga-se: outro
amante de nossa Termas de Lindoia.

A importância do Relatório
A importância do Relatório se deve ao fato de que, ao lê-lo, podermos saber como a Estância
foi concebida, o que foi feito naquela época, os seus primeiros passos e em seguida comparar
o ontem e o hoje.
O principal tema do Relatório é a elaboração de um plano urbanístico e a construção de um
sistema de água e esgoto para a cidade. O plano urbanístico foi elaborado pelo escritório de
engenharia Lindenberg & Assumpção.
Para ilustrar a filosofia que orientou os técnicos da Lindenberg & Assumpção, transcrevemos
um pequeno trecho do Relatório:
Loteamento – Na divisão das quadras em lotes foram reservadas grandes áreas para
bosques, jardins, parques e lagos. Os tamanhos dos lotes foram ajustados de forma a afastar
a possibilidade de concentração de grandes edifícios, o que, indubitavelmente, redundaria
em prejuízo das condições sanitárias, que são fundamentais para uma estação
hidroclimática.
Enquanto o Dr Martins foi Prefeito esse plano foi OBEDECIDO.
Evidentemente um plano desses deve ser reavaliado periodicamente, tudo muda.
Perguntamos ao leitor: houve reavaliações do plano? Ele foi aperfeiçoado?
A seguir o Relatório trata de providencias para a execução do plano e também do sistema de
saneamento básico e, inclusive das finanças.
Finalmente, para que o leitor possa ter uma ideia de como se pensava ontem, em termos de
desenvolvimento da cidade, citamos os doadores de terra para que se viabilizasse a execução
do plano urbanístico:
Família Tozzi, Herdeiros de Sátiro Raimundo de Souza, Orestes Mantovani, Otaviano de
Almeida Prado, Roberto Kutschat, Aquiles (sic) Mantovani, Emilio Mantovani, Romildo Tortelli
e Alberto Quatrini Bianchi (nesse caso foi doação de material).
Todos os acima nomeados constam do Relatório nas páginas 31 a 33.
Acreditamos que essa pequena apresentação do Relatório, forneça ao leitor uma boa ideia da
importância desse documento, o que foi a administração do Dr. Martins e de como o nosso
povo pensava uma ESTÂNCIA.

Segue o relatório completo, boa leitura!
Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Continue na próxima página…

“RELATÓRIO ADMINISTRATIVO” do período de 19 de 3 de 1942 a 19 de 3 de 1946.
Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946 Relatório Administrativo Águas de Lindóia 1942 - 1946

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *